OFICINA DE PROPRIEDADE INTELECTUAL PARA PROFISSIONAIS DE COMUNICAÇÃO SOCIAL

 

O Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI) e a Organização Mundial de Propriedade Intelectual (OMPI) promovem, no próximo dia 07 de dezembro, a segunda edição da "Oficina de Propriedade Intelectual para Profissionais de Comunicação Social".  O curso, com carga horária de 8h/a, acontecerá das 9h às 18h30, no escritório regional da OMPI, localizado na Avenida Atlântica, no 1130, 5o Andar - Parte B - Copacabana - Rio de Janeiro - RJ.

Esse treinamento visa a contribuir para capacitar profissionais das mais diversas mídias, além de estudantes de comunicação social, para abordar de forma estratégica temas ligados à propriedade intelectual e à inovação tecnológica, bem como apresentar fontes de informação confiáveis para pesquisas sobre PI. 

Devido ao número limitado de vagas, as inscrições devem ser realizadas, impreterivelmente, até 28 de novembro por meio do preenchimento completo desse formulário. Esclarecemos que é imprescindível o preenchimento de link para o currículo Lattes ou currículo on-line de livre acesso.

As confirmações serão enviadas por e-mail no período de 30 de novembro a 01 de dezembro.

Clique aqui para acessar o programa do treinamento.

Qualquer dúvida, entre em contato por meio do endereço eletrônico tparente@inpi.gov.br.

 

OBJETIVO: Fornecer embasamento aos profissionais que trabalham com comunicação social para proporcionar um melhor entendimento sobre a propriedade intelectual e sua importância para o processo de inovação tecnológica e para o desenvolvimento, propiciando conhecimento para a comunicação ao público de temas relativos à PI e à inovação tecnológica.

HORÁRIO: 9h às 18h30

CARGA HORÁRIA: 8h/a

METODOLOGIA: O curso contará com aulas expositivas e exercícios práticos.

PÚBLICO-ALVO: Profissionais de comunicação social que atuam em diferentes mídias, estudantes e professores de comunicação social.

Pré-requisitos: Formação e/ ou atuação comprovada em Comunicação Social.

Número de vagas: 30

Há 22 perguntas no questionário.